Limpeza de armário e de nós

O fim do ano está chegando e com ele aquele momento da nossa retrospectiva pessoal. Hora de pesar os prós e contras, de comentar a rapidez do tempo, chorar as oportunidades perdidas e comemorar as conquistas. Lembrar de quem chegou e quem partiu...Nossa, e lá se foram doze meses... Hora de abrir os armários e a vida mais uma vez. Afinal, não é isso que fazemos todo dezembro quando a contagem regressiva se aproxima? Tirar o que sobra no nosso armário porque sempre falta para alguém. Tirar o que sobra também em nós para dar ao que  falta  no outro. A vida só tem sentido quando  mais do que troca existe doação. E não é fácil. Ás vezes, parece tão difícil doar a  roupa que nem serve mais. Será? Pode até parecer que não é fácil doar o perdão, o abraço  e  até mesmo o riso. Será? Ser inteiro é  mesmo difícil. Por isso, que em alguns meses andamos por ai sendo metades achando que somos inteiros. Nesse dezembro,  desejo que você limpe seu armário e sua alma.  Que a gente possa se  dar ao outro para poder se ver inteiro.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

A gentileza de Helena Bortone

Sentar no chão e chorar