Postagens

Mostrando postagens de 2017

Limpeza de armário e de nós

O fim do ano está chegando e com ele aquele momento da nossa retrospectiva pessoal. Hora de pesar os prós e contras, de comentar a rapidez do tempo, chorar as oportunidades perdidas e comemorar as conquistas. Lembrar de quem chegou e quem partiu...Nossa, e lá se foram doze meses... Hora de abrir os armários e a vida mais uma vez. Afinal, não é isso que fazemos todo dezembro quando a contagem regressiva se aproxima? Tirar o que sobra no nosso armário porque sempre falta para alguém. Tirar o que sobra também em nós para dar ao que  falta  no outro. A vida só tem sentido quando  mais do que troca existe doação. E não é fácil. Ás vezes, parece tão difícil doar a  roupa que nem serve mais. Será? Pode até parecer que não é fácil doar o perdão, o abraço  e  até mesmo o riso. Será? Ser inteiro é  mesmo difícil. Por isso, que em alguns meses andamos por ai sendo metades achando que somos inteiros. Nesse dezembro,  desejo que você limpe seu armário e sua alma.  Que a gente possa se  dar ao out…

A gente cresce

Tantas fotos de crianças. Tantos momentos que não voltam mais, ricos, vividos, de tanta saudade. O mundo tão grande, a sala, a escola, tudo tão gigante a gente tão pequeno. E ai a gente cresce, as coisas diminuem  o mundo não é mais tão grande e no nosso" ficar grande" tantas vezes a gente se apequena.  Se fixa, às vezes,  em coisas sem sentido que  nos fazem   ter vontade de ser de novo criança... E ai a gente lembra que o presente é tão presente quanto aquele  momento em cima da árvore, na mesa da escola, na bicicleta, na areia da praia.. . E ai a gente se lembra que ser grande pode ter conserto e a vida fica mais leve. Afinal, uma vez por ano a gente  quer mostrar ao outro que foi criança um dia . Como ela se enconde dentro de nós a vida tem jeito e o mundo pode ser grande de novo. 

Saudade

Saudade vem do latim solitate que quer dizer solidão. Acho que saudade é a  solidão da ausência das coisas que estão longe, das coisas e sensações  que passaram  e daquilo que não podemos alcançar neste exato momento. Tenho saudade do tempo que passou e não volta . Às vezes sentimos saudade de um tempo de felicidade em que nem percebíamos que éramos tão felizes, porque costumamos achar que o feliz de ontem era maior que o feliz de hoje ( nem pensamos que certamente o de hoje será bem maior  que o  de amanhã). Saudade de lugares que podem ser revisitados em outros momentos, mas que nunca serão os mesmos, porque também não somos mais os mesmos . Saudade do quem  está longe e que em algum momento vai poder se abraçar. Saudade de quem  está longe e por mais que queiramos o abraço não se pode ter mais. Saudade das lições, dos bichos, do cheiro de terra molhada e do vento que vem com a chuva. A solidão boa da saudade é apenas por sabermos que ela faz parte do que somos seja bicho, planta, …