sexta-feira, 2 de dezembro de 2016

Acaba 2016

Acaba logo 2016. Como ouvi e li isso durante todo o ano nas redes sociais, na vida social ou simplesmente por ai. Mal começou e já tinha gente querendo o fim. Afinal, é tanta tristeza e frustrações, sejam pessoais, políticas, astrais... Com aqueles dias pesados e repletos de lágrimas, mas que por algum motivo muito esquisito permite em algum momento um breve sorriso. O fato é que o começar tudo de novo envolve uma grande dose do que o próprio nome representa: novo. Com ele, estão os seus companheiros, o desconhecido e o medo. Mas,  o novo traz também esperança e recomeço que sempre estão colados em amigas como disposição e fé. Sou grata porque no balanço do ano que ainda passa, os dias para celebrar pesam mais do que os para esquecer. Às vezes, o motivo está em uma gravidez, um relacionamento, emprego ou promoção. Ás vezes, está em conhecer lugares e pessoas. Talvez, esteja apenas em abrir os olhos todos os dias e respirar.
Acaba sim 2016. Sou grata pelos seus 365 dias... Que em 2017 eu possa ser acolhida pelo novo como uma velha conhecida, pois desconfio que a aventura que nos torna cada dia mais humanos reside nesse abraço.

Nenhum comentário:

Postar um comentário