sábado, 21 de abril de 2012

Brasília


Uma cinquentona, com celulite e estrias, que se recusa em sua modernidade a ver o tempo passar, embora as marcas sejam visíveis e muitas vezes irreversíveis. E dai? Que tem fé em santos, espíritos, discos-voadores, árvores, bruxas, energia solar e o que mais vier, tudo junto e literalmente misturado. Que tem no céu , o mar e um horizonte que provoca suspiros nos avisados e desavisados. Poderosa. Feita de claridade e de tantos “brasis”. Construída de gente, de verde, espaços ...Quadras,entrequadras,tesourinhas. A cidade que amo, a minha cidade: Brasília. Linda de viver.

Nenhum comentário:

Postar um comentário